terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Bom Pastor planeja ações

            Liberdade, flexibilidade, união, abertura, inserção política, perfil ecumênico e simplicidade. Essas são as principais características que os comungantes identificaram na Paróquia do Bom Pastor, em Salvador (Ba). O jeito de ser da comunidade foi debatido durante a primeira Assembleia Geral do ano, no último dia 22 de janeiro.
            O encontro começou depois da celebração, sendo coordenado pelo pároco Bruno Teles de Almeida. Para tratar melhor dos assuntos e resolver pendências do dia-a-dia da paróquia, os participantes se dividiram em cinco grupos e começaram a conversar sobre a identidade da comunidade, além de sugerirem ações inovadoras para 2012.
            Após a discussão nas equipes, a Assembleia foi retomada e cada grupo teve a chance de compartilhar as sugestões. De acordo com as ideias apresentadas em cada equipe, a paróquia decidiu implantar as mudanças na medida do possível. A comunidade discutiu sobre a formação de um núcleo teatral, incremento do perfil no facebook, confecção de folders, criação de parceria com rádio comunitária do bairro, transmissão online das celebrações, postagens de vídeos no blog, mudança no horário da missa, reativação do livro de visitantes e surgimento de novas pastorais.
            “Tudo isso é importante, todas as sugestões são indispensáveis para alavancar, são coisas que se completam”, afirmou o reverendo Josafá Batista dos Santos. Já a estudante Gleyka Teles de Almeida declarou se identificar com a pastoral litúrgica e acrescenta, “a pastoral da gastronomia deveria se tornar oficial porque ela diferencia a gente das outras comunidades e nos aproxima, dando a oportunidade de conhecer as pessoas fora do horário da celebração”. 

Por Osvaldo Junior. Drt Ba nº 3612