quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Célula-tronco ainda divide opiniões (Final)

Concluimos a série que debate o uso das células-tronco com a opinião do Deão da Catedral de São Paulo, Reverendo Aldo Quintão. Acesse o texto completo clicando aqui.
Crédito: Fabiano Accorsi
           “Sou favorável a tudo o que a ciência aprimora para a felicidade do ser humano, sou a favor das células tronco, de alguns métodos da medicina de reprodução e indico aos fiéis da igreja que se encontram aflitos diante dessa situação. Tudo que se gerar com amor e trouxer felicidade ao casal é bem visto aos olhos de Deus. A Igreja Anglicana não se pauta por respostas finais sobre questões éticas referente ao assunto medicina da reprodução, pois diante do que vemos, nossa preocupação é se o que se faz está em ligação com nossa liberdade de escolha, sendo para o bem da humanidade”.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Célula-tronco ainda divide opiniões (Parte 5)

Continuamos a apresentar a série sobre células-tronco. Leia a opinião do Rabino israelita Henry Sobel. O texto completo está disponível em http://revistagalileu.globo.com/Galileu/0,6993,ECT1045095-1719,00.html.
Crédito de Rubens Molina
“A ciência e religião se completam: sem a ciência a religião é cega, sem a religião a ciência é aleijada. A meu ver, o uso de células-tronco embrionárias para pesquisa científica deve ser não só permitido como incentivado. Embora o embrião seja uma vida em potencial, e como tal não possa ser levianamente eliminado, não podemos privar a sociedade das inúmeras possibilidades terapêuticas que o embrião representa a pretexto de protegê-lo. Acredito que a religião dá a bênção nesse sentido. Também não há conflito entre a Teoria da Evolução e religião. A Bíblia claramente comprova a evolução científica. Deus criou em seis dias de acordo com a Bíblia, do ser vivo mais simples ao ser vivo mais complexo, o ser humano, gradativamente. É um processo evolucionário perfeito”

domingo, 16 de dezembro de 2012

3º Domingo do Advento

Ventos, calai-vos
Nuvens, chuvei
árvores nuas, acolhei 

Águas dos céus
Descei
Fecundai
Inundai esta terra
terra árida e sequiosa

Silenciosamente
Espreitai e esperai
Mesmo de noite, esperai
Ele aí vem
Bate secretamente à porta
Como quem chama,
Fica à espera

“Se Me abrires entrarei e cearei contigo”

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Natal solidário

Dia das Crianças 2012. Foto de Nadjane Crisóstomo.
             No dia 15, às seis da tarde, o Grupo de Mães Amor Fraterno vai promover uma festa natalina para os moradores carentes do bairro Alto de Coutos, subúrbio da capital baiana.
            De acordo com uma das organizadoras responsáveis, Auxiliadora Crisóstomo, “a confraternização será ao ar livre, defronte ao Centro Comunitário do local. Já programamos um recital de poesia e acho que teremos uma média de 200 pessoas, contando entre adultos e crianças”. 
            O Grupo de Mães Amor Fraterno existe há quatro anos e durante esse período vem realizando eventos sociais na comunidade, festejando o Dia das Mães, Crianças e São João. Em cada data comemorativa os moradores ouvem palestras educativas sobre diversos temas e ainda recebem doações de alimentos e roupas. Se você quer contribuir para a festa de Natal, entre em contato com Auxiliadora Crisóstomo pelos telefones (71) 8149-3909 ou (71) 8671-3773. Serão aceitos brinquedos, queijo, presunto, frango, frutas e outros produtos da época.