sexta-feira, 10 de julho de 2015

Boletim Paroquial 161


Cruz e Sousa                                      Alphonsus Guimaraens
Imagens: http://www.estudopratico.com.br/escritores-do-simbolismo/
Texto: http://pensador.uol.com.br/autor/cruz_e_sousa/

 “Ah! Toda a Alma num cárcere anda presa,
soluçando nas trevas, entre as grades
do calabouço olhando imensidades,
mares, estrelas, tardes, natureza.

Tudo se veste de uma igual grandeza
quando a alma entre grilhões as liberdades
sonha e sonhando, as imortalidades
rasga no etéreo Espaço da Pureza.

Ó almas presas, mudas e fechadas
nas prisões colossais e abandonadas,
da Dor no calabouço, atroz, funéreo!

Nesses silêncios solitários, graves,
que chaveiro do Céu possui as chaves
para abrir-vos as portas do Mistério?!”

     Melancólico, bonito, deprimente, antigo... Cada leitor emite diversas interpretações sobre Cárcere das Almas, do catarinense Cruz e Sousa. Ele e outros artistas representavam o Simbolismo no Brasil, um movimento literário do início do século passado. A temática da época transmitia inquietação diante da fraqueza humana, fazendo referências religiosas.
     Neste sétimo Domingo de Pentecostes (12), às 9 e 45 da manhã, participe da celebração, Santa Eucaristia e almoço comunitário mensal. Tudo faz parte do mesmo momento, onde você, família e amigos terão a oportunidade multiplicar a ideia de um Deus presente nas “...imensidades, mares, estrelas, tardes, natureza”, nos “...silêncios solitários, graves...” e, sobretudo, no outro enquanto partícula do Pai. As doações de bebidas e sobremesas são bem-vindas.
     Um fraterno e acolhedor abraço de nossa comunidade,
Paróquia Anglicana do Bom Pastor

End.: Rua Travasso de Fora, 92 - Bonfim - Salvador - Bahia – Brasil

Pároco: Rev. Bruno Almeida, IEAB
Contatos:
(71) 8835-4208 (oi)
(71) 9129-4942 (tim)
(71) 9630-8131 (vivo)
(71) 8319-6998 (claro)
Skype: revbruno.almeida