domingo, 10 de julho de 2016

Jornada de Direitos Humanos e Democracia em Salvador (BA)

http://www.cese.org.br/nora-cortinas-participa-da-jornada-de-direitos-humanos-e-democracia/

     "A cofundadora da Associação Mães da Praça de Maio, da Argentina, Nora Cortiñas, estará em Salvador, Bahia, de 11 a 17 de julho, quando participará da Jornada de Direitos Humanos e Democracia. Durante esses dias, a defensora de direitos humanos estará com uma agenda de trabalho junto aos movimentos sociais de Salvador e receberá várias homenagens como reconhecimento e reverência a sua história de vida e de luta.
     Por toda sua atuação em defesa dos direitos humanos, Nora Cortiñas é uma referência para movimentos sociais de todo continente latino-americano. Sua história de luta, em busca de seu filho Gustavo, desaparecido na ditadura da Argentina, tornou-se a história de luta também de muitas mães. Juntas, elas iam até a Praça de Maio, em frente à Casa Rosada, residência do Governo, exigir respostas, dando voltas com seus lenços brancos, anunciando que nunca iriam desistir de procurar por seus filhos. Nascia assim, do inconformismo de Nora e das outras mães, o movimento das Mães da Praça de Maio. Até hoje, todas as quintas-feiras, as “madres” vão à praça para reivindicar justiça.
     A atividade é uma realização da rede Jubileu Sul Brasil, Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul (PACS) e Jubileu Sul/Américas. Conta com o apoio da ADUNEB, UNEB, UFBA/Pró-Reitoria de Extensão, MSTB – Guerreiras Sem Teto, CEAS, CESE, CÁRITAS Brasileira e Regional Nordeste 3, Pastoral da AIDS, SINDIPETRO, MST, LPJ, ODARA- Instituto da Mulher Negra, GTNM-BA, Quilombo Rio dos Macacos, AMACHA – Amigos da Chácara Santo Antonio, Vida Brasil, CPP e Movimento Médicos Pela Democracia". 
     Texto extraído do website da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE). Acesse a agenda completa CLICANDO AQUI.