domingo, 30 de julho de 2017

Literatura


Os textos submetidos deverão conter:

- Título em negrito e CAIXA ALTA;
- Nome ou pseudônimo do/a poeta;
- Endereço do/a poeta (Cidade, Estado e País, ser for estrangeiro/a);
- Contato (e-mail, blog, site ou perfil do Facebook).


Sopram velinhas em agosto

Imagem: http://www.ilsalonerampante.it/1/contatti_4381419.html

RAFAEL: 1º
MOLLIE: 3
JORGE: 14
REV. CALVANI: 17
OSVALDO TERCEIRO: 22
CAROLINA: 25
INGRIT: 29

FELICIDADES!

sábado, 15 de julho de 2017

Programe-se

Crédito: http://www.ipbes.com.br/noticias/agenda-para-2016/

  •   XVII Assembleia Geral Ordinária do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC):  

  Acontece de 21 a 24 de agosto no Instituto Bíblico de Brasília, SGAN 601, Módulo F, Asa Norte, Brasília (DF), (Antiga Caritas). Outras informações no link https://www.conic.org.br/portal/noticias

  •   Conferência com a filósofa Ângela Davis que vai apresentar o tema Atravessando o Tempo e Construindo o Futuro da Luta Contra o Racismo:

  Dia 25 de julho, às 18h, no auditório da Reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), bairro do Canela, em Salvador (BA). Para saber mais acesse https://www.ufba.br/noticias/ufba-ser%C3%A1-palco-aberto-para-confer%C3%AAncia-de-angela-davis

  •   Filme A Garota Ocidental - entre o coração e a tradição. É exibido todos os dias, às 13h, na Sala de Arte da Ufba, região do Vale do Canela, capital baiana. 

  "Grávida aos 18 anos, Zahira precisa lidar com a possibilidade de fazer um aborto, escondendo o caso dos pais, ou ter a criança. Tal situação é agravada pela família, que só aceita que ela se case com um homem paquistanês". Sinopse extraída de http://www.saladearte.art.br/#cineufbaO roteiro é de Stephan Streker, estrelando Lina El Arabi e Sébastien Houbani. Outras informações através do telefone (71) 3237-2331.


Ascom Arcediagado Sul/ DAR/ IEAB
Capinan Junior, SRTE 3612 (BA)

Audiovisual

quarta-feira, 12 de julho de 2017

CARTA ABERTA DE APOIO DE AS ALUNAS E ALUNOS DA UNILAB


CARTA ABERTA DE APOIO DE AS ALUNAS E ALUNOS DA UNIVERSIDADE DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA

Não se deixe vencer pelo mal, mas vença o mal com o bem. Romanos 12:21

Nós, Comunidades, clérigos e clériga, leigos e leigas que compomos o Arcediagado Sul da Diocese Anglicana do Recife da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, viemos através desta Carta Aberta, nos solidarizarmos aos 640 estudantes oriundos de países Africanos de língua Portuguesa que terão inviabilizado seus estudos no Brasil, diante da suspensão arbitrária e dolosa de todos os auxílios estudantis. Destacamos que ações como essas não apenas comprometem o acesso desses estudantes ao nível superior, mas inviabiliza o próprio projeto da UNILAB - Universidade da Lusofonia Afro-Brasileira pois entendemos que para além de uma instituição de Nível Superior seu projeto educacional está intimamente ligado ao projeto de reparação histórica, social e cultural que busca restituir minimamente todo o processo de defraudação material e imaterial sofrido pelos povos africanos durante quase quatro séculos de nossa história, infringidos pelo Brasil e cujas consequências são vividas até hoje nas formas hediondas do racismo, preconceitos, discriminações e xenofobia em nosso país. Diante disto, e na condição de sociedade civil organizada, viemos profeticamente enquanto Igreja denunciar essa tentativa de exclusão social que acirra as violências praticadas em nossa sociedade, sobretudo no que tange diretamente as populações negras empobrecidas e requerer a restituição dos auxílios estudantis para que seja viabilizada a continuidade dos estudantes africanos no Brasil e a vinda de novos estudantes, garantido seu acesso e permanência ao ensino superior.


Cidade do Salvador/BA, dia 12 de Julho de 2017 AD,


Paróquia Anglicana do Bom Pastor (Salvador)
Paróquia Anglicana Cristo o Salvador (Ilha de Itaparica)
Comunidade Anglicana da Santíssima Trindade (Ilhéus)
Comunidade Anglicana Jesus o Mestre (Ilhéus)
Comunidade Anglicana Ressurreição do Senhor (Feira de Santana)
Comunidade Anglicana Cristo Rei (Alagoinhas)
Revdo. Pe. Bruno Luiz Teles de Almeida, IEAB (arcediago)
Revdo. Pe. Josafá Batista dos Santos (emérito)
Revdo. Pe. Stephen James Taylor (emérito)
Revdo. Pe. Adauto Emídio dos Santos
Revdo. Pe. Nildemar Andrade dos Santos
Revda. Pe. Janice Gonçalves
Revdo. Pe. Adriano Portela dos Santos
Revdo. Pe. Carlos José de Araújo
Revdo. Pe. Carlos Eduardo Calvani
Revdo. Glauber Jânio da Silva Santos
M.L. Bianca Daébs Seixas Almeida (candidata às sagradas ordens)

domingo, 9 de julho de 2017

Ponto Missionário baiano interage com vizinhança

Fachada do novo local onde a comunidade se reúne

  O quarteto se encontra no bairro Olhos D’Água – Feira de Santana (BA) – por volta das 8h das manhãs de sábado, já com o roteiro de visitas das residências próximas. Eles carregam cópias de um questionário onde o membro da família escreve nome, religião que pertence e existe espaço para sinalizar que tipo de serviços tem interesse.
  A equipe é coordenada pelo Reverendo Adriano Portela dos Santos, responsável pelo Ponto Missionário Ressurreição do Senhor. “Como acabamos de instalar uma capela, queríamos visitar as residências do bairro para nos apresentar como igreja à população. Por isso, confeccionamos um folder apresentando a igreja, sua fé, história e os horários de nossa comunidade. Mas não basta que eles nos conheçam. É interessante também que nós os conheçamos, por isso, elaboramos um questionário para sabermos quem são essas pessoas religiosamente e o que elas necessitam enquanto serviço nosso religioso e social”, detalha.
  Nos meses de maio e junho, o grupo contabilizou 40 casas visitadas. As questões tem itens como alcoólicos anônimos, narcóticos anônimos, violência contra a mulher, produção de textos para adolescentes e jovens, além de catequese infantil. Também é possível assinalar se deseja receber orações e informações pelo aplicativo de conversa do celular.
  Além de apresentar um pouco da identidade anglicana, os visitadores ouvem histórias e conseguem retorno. “Pais se dispuseram a colocar seus filhos na escolinha bíblica, casal homoafetivo desejoso de visitar-nos, senhoras interessadas no atendimento psicológico. Peço a Deus que complete a obra começada e que sejamos um sinal de vida em meio aquele povo”, ressalta o Rev. Portela. Já existe um psicólogo que se colocou a disposição para um trabalho de atendimento voluntário na comunidade. Um dos objetivos de oferecer o tratamento psicoterápico é ajudar pais ou responsáveis a lidar melhor com situações de violência que tenham atingido a família.
  Para o estudante Adiel Santos, que participa do time, foi gratificante ver o resultado. “Me senti um missionário episcopal. Adriano merece a ajuda, fiquei feliz com o sentimento de dever cumprido. O Rev. é um grande amigo e não é trabalho nenhum estar em sua companhia. Espero voltar mais vezes e ver a comunidade crescer cada vez mais”, conta.
  A Ressurreição do Senhor realizou as primeiras reuniões no bairro Tomba, durante a Páscoa de 2015, mas somente em maio deste ano é que conseguiu alugar um espaço. Com o aumento das atribuições da igreja, qualquer pessoa pode ajudar para desenvolver as atividades, bastando entrar em contato através do telefone (75) 99127-1187‬. “Peço as orações de vocês para esses empreendimentos e que o Espírito Santo conduza a missão”, declara Adriano.

Foto gentilmente cedida pela comunidade
Capinan Jr, SRT (BA) 3612
Ascom Arcediagado Sul/ DAR/ IEAB

sábado, 8 de julho de 2017

Boletim Paroquial nᵒ 196

http://www.umsabadoqualquer.com/177-tv-2/
   
   Ela é um mix de componentes eletrônicos, plástico e botões, tudo milimetricamente calculado e ajustado, objetivando o sucesso nas vendas. Ela também é expressão maior da comunicação massiva, sendo possível sintonizar programas para todos os públicos. Sim, a televisão polemiza a partir dos limites e conceitos de cultura, entretenimento, mídia, jornalismo, indústria cultural, lazer...
   Segundo a neurocientista Suzana Herculano-Houzel, a “televisão interessante, portanto, é aquela que faz sentido – ou seja, que consegue fazer você pensar”. Para o Pastor Johny Mange, a tv “...em nada contribui — tão somente controla a sociedade em tudo e faz dela um fantoche aos seus caprichos”. Na opinião da professora Rosa Maria Bueno Fischer, a tv “...é parte integrante e fundamental de processos de produção e circulação de significados e sentidos...”. Já o professor João Ricardo aconselha “...cada um vigiar a caixa quadrada de sua casa. Na verdade, a si próprio. É possível que tudo isso nos falte por interesse de alguns que preferem manter o povo alienado, ignorante e satisfeito em suas poltronas durante o horário nobre (que de nobre nada tem)”.
   Atualmente, Cristo dá dividendos na tv aberta e fechada, pois a marca vende livros, dvd’s, amuletos, filmes, dentre outros. Mas Ele também está em produções que fazem o telespectador refletir sobre tolerância religiosa, além de nos lembrar que nas empresas televisivas trabalham pessoas que dali sustentam suas famílias. 
   Neste domingo (9), 5ᵒ Domingo depois de Pentecostes, às 9h45, a Paróquia Bom Pastor abre as portas para sintonizar no canal da programação diária: Você, Amor, Deus, Comunhão, Evangelho, Inclusão. A missa terá Oração Eucarística, em seguida, o convite é para apreciar a culinária do Rev. Carlos Araújo que coordena o almoço comunitário de julho.
   Um fraterno e acolhedor abraço de nossa comunidade,

Paróquia Anglicana do Bom Pastor
End.: Rua Travasso de Fora, 92 - Bonfim - Salvador - Bahia – Brasil
Facebook: https://www.facebook.com/paroquiaanglicana.bompastor
E-mail: anglicanosnabahia@gmail.com
Blog: http://www.anglicanosnabahia.blogspot.com
Pároco: Rev. Bruno Almeida, IEAB
Cel.: +55 71 9 9112-3193 
Skype: revbruno.almeida
Ascom Arcediagado Sul, DAR, IEAB