terça-feira, 22 de agosto de 2017

Juventude alagoinhense visita missão anglicana

Foto de Raimundo Santos

    A Missão Cristo Rei, comunidade localizada no município baiano de Alagoinhas, está investindo na interação com a juventude residente no bairro Santa Terezinha e nas proximidades. No último dia 19, dez jovens estiveram na missão com o objetivo de iniciar os contatos com o funcionamento da União de Jovens Anglicanos do Brasil (UJAB). "Estamos estruturando o grupo de jovens na cidade, pensando em realizar encontros, atividades recreativas, discussão, debates e outras ações que movimentem a cena da juventude na Cristo Rei", destaca o Reverendo Glauber Jânio da Silva que coordenou a reunião.
    Em agosto do ano passado, a UJAB promoveu um curso à distância para capacitar líderes juvenis de todas as comunidades anglicanas espalhadas pelo país. A etapa presencial foi executada em julho deste ano, quando jovens anglicanos viajaram para Brasília com o intuito de socializar anseios e ideias. O estudante Adiel Santos, que reside em Alagoinhas, fez parte das duas fases do projeto e conta "o compartilhamento de experiências vividas por cada jovem em suas respectivas comunidades deu um sentimento de unidade na diversidade".
    A UJAB tem como meta estimular o interesse dos jovens em desenvolver atitudes cristãs, a partir da consciência crítica da realidade brasileira e mundial. Para obter outras informações sobre a união, acesse http://ujab.ieab.org.br/.

Osvaldo Junior - DRT 3612 BA
Arcediagado Sul, BA/ SE

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Agenda

http://www.araraquara.sp.gov.br/noticias/centro-afro-promove-roda-de-conversa-com-velha-guarda-nesta-terca-21/

  "Um povo, uma luta, um destino": 19/8/17, 15h, no Sindicato dos Comerciários (Rua Francisco Ferraro, 53, Nazaré, Salvador (BA). Será uma roda de conversa com os temas Esquerda e direita em luta contra a autonomia negra (Fábio Mandingo), O legado de Malcom X, uma continuidade garveísta (Carlina Borges) e Pan-africanismo e as independências africanas (Márcio Paim). A entrada é grátis. Outras informações através do telefone (71) 98648-0684 (Sidnei).